read to know bad or good score
узнайте больше
guaranteed approval personal loans for bad credit
instgram followers
instagram pay for likes
real instagram followers
buy real instagram followers and likes
buy real instagram followers cheap
instagram real followers

Tour 2 da PCRT mexeu com o ranking da associação

O alto nível dos competidores e a qualidade do gado proporcionaram um show de laçadas ao público que visitou o Della Ranch nos dias 4 e 5 de março

Santa Cruz da Conceição (SP) foi a casa do Laço neste final de semana. Entre os dias 4 e 5 de março, o Della Ranch recebeu o Tour 2 – PCRT 2021.

A prova, organizada pela Professional Calf Ropers Tour (PCRT) também foi ranqueada pela Associação Nacional do Laço Individual (ANLI) e reuniu um total de 126 inscritos, divididos entre as três provas, e ofereceu uma premiação total de R$ 30 mil também subdivididas entre os tours.

Para essa edição, a etapa contou com um gado de cruzamento industrial, o que proporcionou um alto nível nas disputas.

Segundo um dos idealizadores da etapa Renato Antunes, “a etapa foi de altíssimo nível” e mexeu com o ranking geral da modalidade. “Como era esperado, muitos laçadores que não tinham entrado no ranking, entraram na premiação da prova, o que embolou o ranking”, comemorou Antunes.

Ainda de acordo com o organizador da etapa, o feedback dos laçadores foi muito positivo, seja pela estrutura oferecida pelo Della Ranch, com pista de qualidade, estacionamento para trailers, entre outras estruturas essenciais para o bem-estar da equipe e dos animais, além do gado.

“A etapa contou com sorteio do gado, fazendo com que ela fosse mais justa para todos. Este é um formato americano, utilizado nas provas do Professional Rodeo Cowboys Association (PRCA). O pessoal gostou bastante e vai ficar nas provas da PCRT”, pontuou Antunes.

Destaques da etapa

O laçador Daniel Lopes que já vinha liderando o ranking, ganhou a sexta etapa da competição, aumentando a distância entre ele e o segundo colocado no ranking, somando R$ 11.100 ao seu montante.

Douglas Jesus não havia entrado na premiação do primeiro tour, mas ganhou a quarta etapa geral e com o resultado, entrou no ranking com R$ 4 mil, assumindo a quinta colocação.

Mario Francisco que já estava ranqueado, ganhou a quinta etapa, e na sexta etapa empatou em quarto lugar. Agora está com uma somatória de R$ 7.500 mil, assumindo o segundo lugar geral.

Top 6 Ranking PCRT

  1. Daniel Lopes R$ 11.100
  2. Mário Francisco – R$ 7.500
  3. Bruno Paulini – R$ 4.900
  4. José Gonçalves – R$ 4.100
  5. Douglas Jesus – R$ 4.000
  6. Celso Rinaldi – R$ 3.000

Grande novidade

Renato Antunes realizou um anúncio que promete mexer com os laçadores do Brasil. O campeonato 2022 da PCRT será aberto a todos os laçadores. “Vamos seguir a linha dos grandes Rodeios, abrindo a etapa para todos os laçadores, fomentando assim a modalidade”, finalizou.

Parceria ANLI

Os tours da PCRT são credenciados à ANLI e, segundo o diretor da associação Fábio Parizi são muito importantes para os laçadores, pois engrandece a modalidade como um todo. “Os laçadores no Brasil não conseguem viver apenas das provas. Compõe suas rendas com os treinamentos. A etapa da PCRT traz um bônus ao laçador, uma oportunidade de ele conquistar mais ganhos, competindo em 3 provas no mesmo local e na mesma data, diminuindo os custos”, pontua Parizi que finaliza: “É bom para o competidor e para a ANLI”.

Por: Camila Pedroso

Fotos: Miguel Oliveira

Mais notícias no portal Cavalus